Origem de Hélio Petrus

Origem de Hélio Petrus

De formação seminarista, e vivendo em Mariana desde os 7 anos de idade, Hélio Petrus sentiu uma forte influência da religiosidade, característica da arte barroca impregnada nos monumentos e igrejas de sua cidade.
Na universidade de filosofia, cursando Letras, teve o primeiro contato virtual com as obras do mestre Aleijadinho. A partir de então, começou a se interessar pelo trabalho na madeira, fazendo sua primeira experiência com a escultura e entalhe na madeira de cedro.
Sem frequentar escolas de Arte, nos escassos intervalos entre a Faculdade e o trabalho no magistério, Hélio foi traçando seu próprio caminho, que para ele, acabou tornando-se uma surpresa das mais agradáveis, conquanto desafiadoras e promissoras, até que um belo dia resolveu fazer opção para se dedicar de corpo e alma à Arte de seu mestre Aleijadinho.
Surgiram então as primeiras obras que nada tinham de arte barroca, senão acanhados esboços de um trabalho bem popular e primitivo.
Decorreram 20 anos, quando o Artista  teve a feliz ideia de pesquisar o barroco europeu e, com a parceria de jovens talentosos montou seu próprio atelier, já com o intuito e capacidade para atender a demanda das encomendas.
Com o aprimoramento das obras e com uma equipe bem treinada, Hélio Petrus se aventurou na realização de obras de maior envergadura, como esculturas e entalhes monumentais.
Atualmente, o Artista tem se dedicado a obras mais bem elaboradas e requintadas, como os painéis entalhados, comumente denominados de talhas.
Sem pretensão de copiar o barroco, Petrus dá uma nova roupagem de transparência e suavidade, através da pátina e da policromia, em suas figuras esculpidas ou entalhadas, o que lhe fez ser considerado como escultor sacro neobarroco.
Hélio Petrus.
25/02/2016

Este post também está disponível em: Inglês

No Comments

Post A Comment